Como tratar um irmão que esfriou na fé

Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe não caia.
Quando Paulo fez esta admoestação, este alerta, esta revelação, com certeza estava se referindo a pecados que podem nos prostrar e a situações que podem nos fazer tropeçar. O estarrecedor é que qualquer um pode experimentar momentos de prostração.
Senão, seja os casos de Elias na caverna, Davi com Bateseba, Pedro ao redor da fogueira sob a trilha sonora do galo que canta.
Aliás, quem mais cuida estar em pé por si mesmo corre maior risco de se acordar do davaneio estatelado no chão.
Como ajudar um irmão que esfriou na fé – qualquer que seja o motivo?1. Seja misericordioso. Não trate o irmão com desdém, com superioridade ou tirando proveito de sua queda.2. Creia na possibilidade de superação. Sete vezes cairá o justo, e se levantará.3. Faça uma visita cheio de abundante graça. Cuidado para não ser amigo de Jó, dono da verdade ou conhecedor do profundo e do escondido. Faça-o saber o quando Deus o ama e o quando você está disposto a “lavar seus pés”. Só isso.4. Ore. Seja fervoroso em oração por ele, pois a gente sabe que quem levanta o crente caído é Deus, quem aquece o coração congelado é o Senhor.5. Trate-o como irmão. Frio ou quente ele é teu irmão, assim como o filho pródigo continuou filho mesmo quando estava longe, desperdiçando com ímpios a riqueza do Pai.
(Não encontrei o autor deste texto, confesso que não lembro se foi eu quem o escrevi, acho que não, ele é bom demais, rs!)

1 comentário em “Como tratar um irmão que esfriou na fé

  1. Amado Pastor Rodrigo! Esta é uma realidade cruel. Estamos vivendo um terrível e estarrecedor resfriamento nas igrejas! O que mata um pastor não são suas incansáveis lides ministeriais, que apesar de desgastantes, NÃO MATAM, mas, é olhar para seu auditório e ver BANCOS VASIOS, enquanto os “Galasses” da vida lotados. FALTA-NOS PODER do Espírito Santo. Depois de 66 anos de ministério teria muito que dizer, mas, paro por aqui. Um forte abraço no precioso nome de Jesus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *