== RECONHECEREMOS AS PESSOAS NO CÉU? ==

( Texto de Ebenezer Bittencourt no livro “Jesus Chorou e Eu Também” páginas 84-85 )


Davi sabia que se reencontraria com seu filho e nós cristãos cremos que vamos nos reencontrar com os filhos de Deus que partiram antes de nós. Pessoas perguntam se vamos reconhecer as pessoas no céu; veja o que a Bíblia diz:
1) depois da ressurreição, Jesus tinha um corpo que atravessava paredes e viajava distâncias em segundos. Mas este mesmo corpo celestial não era fantasmagórico, pois foi reconhecido, tocado e alimentado.
2) no céu teremos um corpo glorificado como o de Cristo e comeremos refeições com Abraão, Isaque e Jacó. Seremos pessoas reais e não espíritos desencarnados. Reconheceremos os personagens da Bíblia e, logicamente, também as pessoas de nosso relacionamento da Terra.
Mas não nos enganaremos: nossa maior alegria no céu não estará centrada nas pessoas que conhecíamos. Nossa maior alegria será o próprio Deus, pois Jesus disse que: “a vida eterna é conhecer o único Deus verdadeiro e o Seu Filho que Ele enviou”.
Assim, mesmo sabendo que vamos reconhecer uns aos outros no Céu, não teremos o mesmo relacionamento e nem os mesmos sentimentos que tivemos aqui na Terra. Jesus esclareceu que no Céu “não se casam, não se dão em casamento”. Lá os nossos sentimentos serão superiores, totalmente centrados na pessoa do Senhor Jesus Cristo. 
Esta esperança verdadeira que temos em Cristo, da realidade da alegria e bem-aventurança eternas que existem além da morte, deve ser a âncora em nossas almas e deve nos ajudar a construir o nosso retorno à normalidade, passando saudavelmente pelo luto.


REFERÊNCIAS BÍBLICAS QUE EMBASAM O TEXTO: Lucas 24: 36-43; Filipenses 3: 20-21; I Coríntios 15: 51-53; Mateus 8:11; João 17:3; Mateus 22:30; Hebreus 6:19

.

.

.


((( Curtiu a benção? Então abençoe outros compartilhando ! )))

1 comentário em “== RECONHECEREMOS AS PESSOAS NO CÉU? ==

  1. Sim reconheceremos as pessoas que conhecemos aqui,mas o mais importante é estarmos juntos com nosso Deus

Deixe uma resposta para Conceição AP de Moraes Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *